Portuguese

ReviseF65 e o Projeto ICD

 

O reviseF65 é um site que tem como objetivo envolver grupos SM/Couro/Fetichista e profissionais da saúde mental em todo o mundo, no trabalho e em prol da retirada do Fetichismo, Transvestismo e Sadomasoquismo como diagnóstico psiquiátrico da Classificação Internacional de Doenças ( CID) publicado pela Organização Mundial da Saúde ( OMS). A visão psiquiátrica sobre esse assunto não mudou muito nesses últimos anos e essas preferências ou orientações sexuais estão classificadas no CID como “diagnóstico” desde 1948. Apesar de ser raro no nosso meio ( Brasil) acredita-se que o estigma de ser diagnósticado dessa maneira pode servir como justificativa para violência de minorias sexuais.

Como suporte a essa idéia, A U.S Leather Leadership Conference tem documentado que de trinta a cinqüenta por cento da população SM sofre discriminação, violência ou perseguição devido a sua orientação sexual. Assim como em outras formas de agressão, as mulheres são as que mais sofrem e estão mais sujeitas a perderem seus empregos e custódia de filhos pelo simnples fato de ter um amor que envolva o Sm ou a um estilo de vida.

O grupo do Projeto ICD (CID) é de opinião que estigmatizar minorias através de diagnóstico de sua orientação sexual é tão desrespeitoso como discriminar pessoas por sua raça, etnia ou religião. E eles consideram, assim como nós, o SM e o Fetichismo como partes positivas e sadias das vidas das pessoas. Afirmam que aceitar a nossa orientação SM, preferência, sexualidade e amor é essencial para uma vida sadia, para a própria felicidade e é decisiva para nos protegermos contra as DST.

O Projeto ICD iniciou-se em 1998, durante a Norwegian National Association for Lesbian and Gay Liberation (LLH). Esse grupo, que trabalha numa base nacional e internacional, consiste de homens e mulheres que representam organizações SM, lésbicas, gays, bi e heterossexuais, assim como profissionais de sexologia, psicologia e psiquiatria. Esse trabalho é patrocinado na região da Europa pela Associação Internacional de Gays e Lésbicas e pela European Confederation of Motorcycle Clubs.

O pessoal do projeto ICD acredita que a estratégia de trabalho dos diversos grupos envolvidos deva ser determinada tanto local quanto nacionalmente e dependendo sempre da situação política de cada país. Com o objetivo sempre de retirar o diagnóstico de SM das listas nacionais e do Manual CID.

A Dinamarca retirou totalmente o diagnóstico de sadomasoquismo em 1995, com uma decisão política, motivada por uma única carta de uma organização SM.

Nos EUA o diagnóstico do DSM (Manual Diagnóstico Estatística) foi consideravelmente revisado em 1994, depois de serem pressionados por uma rede de profissionais simpatizantes do SM. Sadomasoquismo é considerado uma forma saudável de expressão sexual enquanto não afetar o dia-a-dia da pessoa, de acordo com a última edição do DSM-IV.
Na Noruega o grupo está tentando obter apoio de sexólogos, psicólogos e psiquiatras, a nível nacional e está solicitando pesquisas com objetivo de prover uma base profissional para a iniciativa do governo de remover o diagnóstico. Além disso está tentando estimular a construção de uma rede de profissionais e ativistas internacionais que tenham o mesmo objetivo.

O responsável pelo Revisef65 é Svein Skeid que participa também de uma lista de discussao na internet com o mesmo nome e objetivo. Para quem se interessar, basta mandar um mail em branco para reviseF65-subscribe@yahoogroups.com para começar a fazer parte da lista e do projeto.

O site Desejo Secreto , ao divulgar esse trabalho, sente-se honrado com a possibilidade de estar engajado, ajudando, de alguma maneira, esse importante projeto.

Marcando nosso inicio nessa caminhada, trazemos nos links a seguir o texto do psicólogo e sexólogo norueguês Odd Reiersøl, uma sensata e eloqüente defesa da sanidade dos nossos prazeres.


SM: Causas e diagnósticos